Pesquisar

sexta-feira, 12 de abril de 2013

As melhores (e as piores) frases do cinema de todos os tempos - O Cantor de Jazz (The Jazz Singer), 1927


"Espere um minuto, espere um minuto...
Você ainda não ouviu nada!"
Al Jolson, no primeiro filme falado.
O Cantor de Jazz, 1927



O Cantor de Jazz (The Jazz Singer) foi o primeiro filme de grande duração com falas e canto sincronizados na película. O musical estreou em 6 de outubro de 1927 e a partir daí os filmes mudos  foram totalmente substituídos pelos filmes falados ou talkies, que passaram a ser a grande novidade.
Na verdade sempre existiu a fala e o canto no cinema, pois nas primeiras projeções os atores e atrizes cantavam escondidos atrás da tela, como uma dublagem, assim como muitos pianistas ficavam à frente da tela, improvisando, enquanto a projeção dos primeiros curtas seguia. Por isso, O Cantor de Jazz é considerado o primeiro filme no qual o som estava gravado ou registrado na película.


Al Jolson, famoso cantor de jazz da época, canta várias canções no filme, dirigido por Alan Crosland e produzido pela Warner. A história é baseada numa peça de mesmo nome, um grande sucesso da Broadway em 1925, remontada em 1927, com George Jessel no papel principal.
Foi um dos primeiros filmes a ganhar o Oscar, dividindo a premiação especial com O Circo de Charlie Chaplin.

Fontes: Livro Cinema Falado, escrito por Renzo Mora e wikipedia.org.