Pesquisar

sábado, 27 de outubro de 2012

Bonnie & Clyde - história, filme e musical


Foi em 23 de maio de 1934 que a maior dupla de criminosos Bonnie e Clyde foi assassinada pela polícia numa emboscada, depois de uma longa caçada.
Bonnie, apesar da infância na mais absoluta pobreza, era uma ótima aluna de inglês e redação que escrevia poemas de qualidade, inclusive vencendo para sua escola um concurso de literatura. Na adolescência, sua facilidade com a escrita fez com que chegasse a trabalhar escrevendo introduções de discursos para políticos locais. Descrita como uma jovem inteligente, de personalidade e com força de vontade pelos que a conheceram, Bonnie era uma pequena loira atraente de 1,50m e 41 kgs.

Bonnie casou-se em setembro de 1926 aos quinze anos, com Roy Thornton, um rapaz da sua cidade, mas o casamento durou pouco e eles se separaram em janeiro de 1929 e Roy foi condenado a cinco anos de cadeia por roubo pouco tempo depois. Em 1930, trabalhando como empregada de mesa, ela conheceu o homem que mudaria sua vida, a levaria para uma vida aventureira e de crimes e a tornaria famosa no mundo todo por gerações, Clyde Barrow.

Clyde Barrow nasceu numa família pobre de pequenos fazendeiros, desde cedo Clyde começou seu envolvimento com a polícia e o crime. Aos 16 anos foi preso pela primeira vez ao fugir de um policial quando foi interpelado sobre um carro alugado em seu poder, que ele não havia devolvido à locadora no prazo certo. A segunda prisão, desta vez junto com seu irmão Buck, foi por roubar perus de uma propriedade. Mesmo conseguindo pequenos trabalhos entre 1927 e 1929, Clyde continuou praticando pequenos furtos em lojas de conveniência e roubando carros. 
Apesar de ser principalmente reconhecido como assaltante de bancos, a preferência de Clyde era por pequenos roubos em postos de gasolina e lojas.Depois de conhecer Bonnie Parker, em 1930, Clyde, Bonnie e Buck montaram a quadrilha conhecida como Barrow Gang e nos anos seguintes levaram o terror à população dos estados centrais dos EUA, assaltando e matando civis e policiais que se colocavam em seu caminho, até serem finalmente mortos a tiros dentro do carro que dirigiam, numa emboscada montada pela polícia numa estrada deserta da Louisiana em 23 de maio de 1934.

O filme, lançado em 1967, baseado na história de criminosos quebrou diversos tabus e foi um campeão de bilheteria e crítica, muito popular entre a geração jovem dos anos 60. Influenciado pela nouvelle vague francesa, o filme é famoso tanto por sua montagem acelerada quanto por suas rápidas mudanças do tom da narrativa, passando rapidamente do humor para a violência mais exacerbada.
Polêmico em seu lançamento, por uma suposta glorificação de assassinos e pelo nível de violência na tela, a Warner Brothers tinha tão pouca fé no resultado da bilheteria que ofereceu a Beatty, produtor novato e grande incentivador para que ele fosse realizado, 40% da renda total ao invés do salário normal pago a um produtor. Seis anos depois, Bonnie & Clyde já havia rendido 70 milhões de dólares em todo mundo e transformado Warren Beatty em milionário.

Além de estabelecer Warren Beatty como realizador importante em Hollywood, o filme lançou ao estrelato Faye Dunaway e Gene Hackman, deu o Oscar de melhor atriz coadjuvante a Estelle Parsons e o de melhor fotografia a Burnett Guffey entre as dez indicações que recebeu, cinco delas para atores (Beatty e Dunaway na categoria principal e Hackman, Parsons e Michael J. Pollard como coadjuvantes). Gene Wilder com seu tradicional aspecto nervoso teve uma pequena participação neste que foi seu primeiro filme.

Fontes: vanialima.blog.br e wikipedia.org

DOWNLOAD
[Demo Cast 2008]

Com músicas de Frank Wildhorn, letras de Don Black e roteiro de Ivan Menchell; estreou na Califórnia, em 2009, o musical de Bonnie & Clyde. Começou na Broadway em dezembro de 2011 (estrelado por Laura Osnes, Jeremy Jordan, Claybourne Elder e Melissa van der Schyff) e, depois de uma recepção calorosa pelo público, caiu por conta das críticas negativas e acabou em apenas quatro semanas. Recebeu três indicações para o Outer Critics Circle Awards e cinco para o Drama Desk Awards, ambos incluindo melhor novo musical; também foi indicado para duas categorias no Tony Awards.