Pesquisar

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Woody Allen, Ethan Coen & Elaine May na Broadway com Relatively Speaking


Isso será tudo de bom! Mas como só tenho as informações do título trago um texto de outrem para rematar o assunto com graça.

"Em 1984, a L&PM publicou “Play it Again, Sam” ou, na tradução brasileira, “Sonhos de um sedutor”. O livro, hoje esgotado, traz o texto de uma peça que Woody Allen escreveu para a Broadway e que acabou virando filme. “Enquanto as luzes da platéia se apagam em resistência, ouvimos vozes de Humphrey Bogart e Mary Astor numa cena do filme “Relíquia Macabra”. No momento em que o pano sobe, Allan Felix está assistindo o filme na televisão na sala do seu apartamento, na rua 10 entre a Quinta e a Sexta Avenida, na cidade de Nova York”. Assim começa a peça que conta a vida de um típico personagem de Allen: com a cabeça cheia de neuroses, nervoso, tímido, inseguro e que sempre está recomeçando sua psicanálise. “Play it Again Sam” estreou no dia 12 de fevereiro de 1969, no Teatro Broadhurst em Nova York, com direção de Joseph Hardy e tendo o próprio Woody Allen no papel principal.
Pois eis que agora Allen retornará à Broadway. Se não como ator, novamente como escritor. Ele é um dos autores de “Relatively Speaking”, uma comédia que será montada com três peças diferentes, cada uma delas com uma assinatura famosa. Junto com a peça “Honeymoon Motel”, de Woody Allen, estarão “Talking Cure” de Ethan Coen (um dos irmãos Coen) e “George is Dead” de Elaine May (roteirista duas vezes indicada ao Oscar). A montagem tripla terá direção do ator John Turturro. A pré-estreia está programada para setembro e a estreia oficial para outubro. Já é um bom motivo para visitar Nova York no outono, não?".

FONTE (texto na íntegra): http://www.lpm-editores.com.br